sábado, 8 de outubro de 2016

Círio de Nazaré em Belém: Curiosidades e Almoço

Como eu disse pra vocês no primeiro post a respeito, ficaram faltando algumas informações que eu vou colocar aqui como curiosidades. Vamos lá!

Na semana anterior ao grande dia, vários peregrinos vindos do interior do Estado vem a pé pela BR-316 para a cidade. São caravanas, com toda uma programação de paradas e com pessoas ajudando durante o caminho dando abrigo durante a noite, café da manhã, almoço e lanches durante o dia. Tem também caravanas de ciclistas.

A decoração da berlinda muda em alguns momentos das comemorações. São no mínimo quatro decorações diferentes: no Traslado, no caminho para a Romaria Fluvial, na Trasladação e no Círio, propriamente dito. Já chegou até a ter concurso para a escolha do manto que a santinha vai usar e exposição dos mantos usados em anos anteriores em shoppings da cidade.

Além dos carros dos milagres, no Círio existe também o carro dos anjos, onde qualquer criança vestida de anjo (é uma tradição) tem direito a utilizar, dentro da lotação exigida.

Existe a Corrida do Círio, uma maratona comum onde os corredores percorrem 10 km. Esse ano acontece no dia 23 de outubro, comemorando seu 33º aniversário. Tem também a versão infantil, a Corridinha do Círio, que esse ano acontece dia 12/10, em sua 9ª edição.

Além de todas as 87871 procissões, ainda tem a Romaria das Crianças, em que pais levam seus filhotes pra percorrer um caminho mais curto (2,8 km) e é bem mais tranquilo, claro. Esse ano acontece dia 16/10.

A imagem que percorre todas as 11 romarias do Círio não é a original, que devido à idade (221 anos) e fragilidade do material (madeira) fica quietinha na Basílica de Nazaré, no lugar mais alto do altar, chamado de Glória. Nesse ano a descida do Glória ocorrerá dia 08/10 e o retorno, a subida ao Glória ocorre dia 24/10. Nesse período ela fica no altar, em local mais próxima do público.

A imagem que enfrenta todas as procissões é a imagem peregrina, uma réplica dessa imagem original.

Já em setembro começam as novenas, em cada bairro da cidade. As pessoas das comunidades católicas de cada bairro se juntam e programam a visita da santa (réplicas e mais réplicas) a casa de cada participante. A minha lembrança mais viva disso é na infância, em que eu participava ativamente dessas novenas no conjunto residencial onde cresci. Depois das rezas em cada casa, geralmente tem um momento de confraternização com comidinhas e refrigerante.

O cartaz do Círio é uma das maiores tradições, tendo um diferente a cada ano. Ele é distribuído gratuitamente nas Igrejas e em estabelecimentos comerciais pela cidade. O cartaz geralmente é pregado nas paredes, em lugar de destaque nas casas, para todo mundo ver.

Durante o mês de outubro e indo até novembro, tem um parque (ITA), que faz parte do Arraial de Nazaré, próximo á Basílica de Nazaré que faz a diversão da cidade. Todo dia o parque fica lotado, é uma tradição mesmo, as pessoas sentem que ir faz parte de programação de festividades do Círio, tem que ir! O parque não é nada de incrível mas é muito divertido, eu adoro! Apesar de hoje nunca ir em brinquedo nenhum (medo). rs

Agenda completa aqui.

Nova_imagem03 Imagem original sendo retirada do Glória

peregrinacao2 Novena seguindo para a próxima residência

0E22CCAF-92A3-4883-BF4A-84AD230D5C46_cartaz-2013

6282831485_c5e11e9d2e_z


A cidade fica com um clima muito diferente durante a época do Círio, as ruas começam a cada dia a encher e encher de turistas, de todos os lugares do mundo. É o grande show turístico de Belém, todo lugar que você vai tem uma movimentação diferente, um sotaque que a gente não tem familiaridade.

O almoço do Círio é aquele momento mais delícia, depois de toda a canseira da maratona que é o Círio, o momento da confraternização. Momento de encher a pança de coisas gostooosas! É muito bom marcar a data, definir quem vai levar que prato, escolher a sobremesa que se vai preparar...e chegar no local, com todo o calor humano da família e amigos. Gente, é muito amor! Assistir a cobertura que o canal de tv local faz, de todo o trajeto, mostrando e comentando sobre cada momento, sobre cada história.

A tradição que não pode faltar, a maniçoba e o pato no tucupí, no mínimo. Muita pimenta pra deixar a comida ainda mais saborosa, eu gosto! Cada família tem sua logística mas em comum é que em cada lar existe o amor, a união, a demonstração de desejar sempre coisas boas, é tanta energia positiva sendo trocada que não tem como não se deixar levar. Amor, o Círio é apenas amor na vida de todos nós paraenses. Convido vocês a virem pra cá nessa época, quem sabe logo ano que vem e vejam com seus próprios olhos e sintam com seus próprios corações isso que só nós sabemos como faz. Vem!

E3CA4F20-0A83-43DB-9878-2B54E648C183_maniva
Maniva, que depois de uma semana sendo fervida, vai virar a deliciosa maniçoba

boa-vista-dia-paraense-tucupi

ac12-manicoba
Maniçoba santa de cada Círio!

112847_pato640
Ó o pato no tucupí


ac12-pato
Vem logo, Círio!



Texto originalmente postado em 01/10/2013 mas resgatado dos rascunhos com as devidas atualizações porque acho importante compartilhar. Leia a primeira parte aqui.



Visitem o site oficial, tem outras informações legais. A página do G1 especial sobre o Círio 2016 também, com várias notícias.

Imagens by Flextours, G1, ORM, SkyscraperCity, Círio de Nazaré.

Nenhum comentário:

Postar um comentário