quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Revolta #1

Uma das coisas que me deixa mais revoltada nessa vida é como a gente vai sendo moldado a ser feliz do jeito que todo mundo quer, a tal da construção social, sabe? Daí se algo na sua vida sai fora desse modelo de felicidade/vida plena, todo mundo te olha torto e te condena. Então, se você aceita um conselho: seja feliz, faça o que te faz feliz, sei lá, perdoar uma traição, usar um sapato diferente do outro, ter o cabelo lilás, viver de vender miçangas na praia e não preso dentro de um escritório ganhando rios de dinheiro, VÁ LÁ E FAÇA! Desde que não faça mal a ninguém e te deixe verdadeiramente feliz, apenas faça, meus amigos.

P.S.: De uma pessoa que se preocupou por 34 anos que o que os outros acham importa, e não pôde viver plenamente até aqui e entrou numa espiral de crise de tudo quanto é coisa na vida. Que está aprendendo a se perdoar todo santo dia pelos erros cometidos. Que enfim, está aprendendo a se soltar das amarras. Segura na minha mão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário